segunda-feira, 28 de setembro de 2009

O enigma PSD e a direita

Parece-me que há aqui um enigma que pode em parte ajudar a perceber a vitória do PS e do seu mais que sinistro primeiro ministro.É de que do outro lado da barricada havia uma não menos sinistra personagem,a líder do PSD.Começemos pelos resultados concretos do PSD.Comparando 2005 e 2009,que diferenças notamos?Quase nenhumas,o PSD praticamente não se mexeu,ficando-se por uma inércia confrangedora.Que estranhos desígnios estariam por detrás dos bastidores?Quem encomendou isto,e com que motivos?Faço estas perguntas porque tudo isto me cheira a esturro! Não consigo perceber a inércia de um partido que se diz de direita e se comporta como se não existisse.
Tudo isto é muito estranho e suspeito,porque em verdade o PSD com outro líder ganharia estas eleições com uma perna às costas,e aquilo que vimos só teve um objectivo,que foi,dinamitar o partido e dinamitar em parte o que resta da direita que a elite esquerdista permite que exista.
É muito grave pactuar com coisas destas e uma grande parte das pessoas não se aperceberá disto.São estes artifícios que têm que começar a ser desmontados,sob pena de caminharmos para a mais abjecta escravatura de que haverá memória.

A vida continua

Não esmoreço,porque esmorecer é morrer.E eu não quero morrer,quero viver toda a vida plenamente até ao meu último dia,tendo a certeza de que tudo fiz foi para o bem de todos.Vou continuar a lutar,a mensagem tem de continuar a ser passada.O PNR precisa de nós e o País também precisa do PNR,com mais urgência do que nunca,portanto,só me resta lutar,lutar,todos os dias da minha vida.A vida continua.Esta,a maior de todas as certezas.

Day after

Analisando os resultados das legislativas,chegámos à conclusão que continua praticamente tudo na mesma.O único facto positivo,que não sei se será tão positivo como isso olhando às circunstâncias,foi a perda da maioria absoluta por parte do PS.Outro facto,este bem negativo, foi o crescimento do bloco,com mais quase 200000 votos em relação às de 2005.O PP surpreendeu muita gente,e conseguiu 21 deputados,o seu melhor resultado de sempre.Quanto ao PSD e à CDU ficaram praticamente na mesma.De resto,é o que já sabemos,os Portugueses continuam a votar em massa no clube dos cinco.E a diferença de votos entre o clube dos cinco e os restantes partidos sem assento parlamentar,nomeadamente o PNR,é descomunal.Não encontro explicações satisfatórias para isto para além das triviais.Onde falhamos?Porque não passa a mensagem?Penso que conheço a resposta,e ela está precisamente nos Portugueses!Continuamos a legitimar o saque,a corrupção,o tráfico de influências e o tachismo.As pessoas têm medo de mudar,pois temem perder a sua segurança financeira e material,mas isso é ilusão e ninguém parece ser capaz de reconhecer esse facto.Quer me parecer que nada há a fazer,para mal dos nossos pecados,e com a blindagem que os partidos do sistema vão conseguindo,será muito difícil reverter esta situação.Os factos e evidências estão à vista de todos,mas são muito poucos aqueles que lhe acodem,e quando assim é estamos condenados á morte.Morte enquanto País e povo,sem ideias,sem entusiasmos,sem vigor,sem patriotismo,sem nada.Sinto-me triste e desiludido,sem saber muito bem o que fazer,pois perante a calamidade que se aproxima a passos largos não temos força suficiente para fazer o que quer que seja.
É nosso dever continuar a lutar,hoje,amanhã e sempre.
Um grande obrigado a todos os que votaram PNR.