quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Continua o circo anti-Trump

Quando ouço por aí dizer que «vivemos no século XXI e que os valores e princípios da democracia estão em causa», tenho vontade de dar gargalhadas até cair de costas. 

 Quanto ao famigerado século XXI, diga-se que o mesmo é o século da estupidez e da perfídia intelectual. Valores e princípios da democracia? Então não é democrático eu aceitar quem eu quiser e achar que deve entrar ou não em minha casa? Não é democrático eu decidir quem pode ou não - tendo em conta a preservação da raça do espírito (ai, outra coisa racista..) - trabalhar e viver no meu país?

Não é um valor eu querer preservar as minhas tradições? a minha cultura? a minha raça? 
Porque tem ela de ser destruída em favor de uma suposta miscigenação? Onde está a diversidade e para onde caminha ela?

Não tenho eu, porventura, o direito de julgar e achar (ai, ai, ai, outra coisa racista..) que certas pessoas não podem conviver comigo? Nem tão pouco serem merecedoras da nossa solidariedade?

Uma democracia que nega todas estas perguntas não é uma democracia; é uma fantochada na mão de uns imbecis que pretendem a destruição do mundo, das suas tradições, da sua diversidade,das suas culturas e modos de ser.