sábado, 27 de fevereiro de 2016

E porque não três mães?

«Jesus Cristo tinha dois pais». E porque não teria, segundo essa ordem de pensamento, três mães?
Isto não é um partido, é antes um "bando de malfeitores" legalizados por uma coisa que se diz chamar "democracia". A realidade efectiva biológica do homem não agrada a estes "hervoeiros", que passam a construir realidades alternativas, partindo de pressupostos impostos à força, contra a moral e contra a razão.

Que é contra-natura o "hervoeirismo" já todos sabemos, mas o pior é a tentativa de imposição do "hervoeirismo" como virtude pública (???). E a sua negação ou crítica vir a ser no futuro alvo de sanções penais.

Cumprem-se na perfeição as profecias apontadas a esta provecta terra, basta ver o tipo de gente que assaltou os corredores do poder. Caminhamos indefectivelmente para a redução drástica da população mundial, coisinha tão do agrado da plutocracia e dos maçonismos pantocráticos.

Só posso dizer, para terminar, cambada de burrinhos estes, e atrasados mentais, que fazem o joguinho dos que mandam no mundo pensando que servem (?) a humanidade e os povos em geral.
Estes atrasados mentais pagarão um dia pelas atrocidades que estão a cometer. Quando o povinho acordar e saltar a tampa...

1 comentário:

  1. BANDALHEIRA: pessoal que não se preocupa com a construção duma sociedade sustentável (média de 2.1 filhos por mulher)... critica a repressão dos Direitos das mulheres... todavia, em simultâneo, para cúmulo, defende que... se deve aproveitar a 'boa produção' demográfica proveniente de determinados países [nota: 'boa produção' essa... que foi proporcionada precisamente pela repressão dos Direitos das mulheres - ex: islâmicos]... para resolver o deficit demográfico na Europa!?!?!
    .
    .
    AUTARCAS EM GRAVE DESLEIXO
    Uma riqueza que as regiões/sociedades não podem deixar de aproveitar
    .
    -» Muitas mulheres heterossexuais não querem ter o trabalho de criar filhos... querem 'gozar' a vida; etc;
    -» Muitos homens heterossexuais não querem ter o trabalho de criar filhos... querem 'gozar' a vida; etc;
    CONCLUINDO: é uma riqueza que as sociedades/regiões não podem deixar de aproveitar - a existência de pessoas (homossexuais ou heterossexuais) com disponibilidade para criar/educar crianças.
    .
    ---» Já há mais de dez anos (comecei nos fóruns clix e sapo) que venho divulgando algo que, embora seja politicamente incorrecto, é, no entanto, óbvio:
    - Promover a Monoparentalidade - sem 'beliscar' a Parentalidade Tradicional (e vice-versa) - é EVOLUÇÃO NATURAL DAS SOCIEDADES TRADICIONALMENTE MONOGÂMICAS...
    {ver blogs http://tabusexo.blogspot.com/ e http://existeestedireito.blogspot.pt/}
    .
    .
    .
    P.S.
    Tal como eu explico no blog «http://tabusexo.blogspot.com/» - o Tabu-Sexo não se tratou de um mero preconceito... foi, isso sim, uma estratégia que algumas sociedades adoptaram no sentido de conseguirem Sobreviver... leia-se: o Tabu-Sexo tinha como objectivo proporcionar uma melhor Rentabilização dos Recursos Humanos da Sociedade... leia-se, o verdadeiro objectivo do Tabu-Sexo era proceder à integração social dos machos mais fracos!!!
    .
    P.S.2.
    Uma sociedade/região, para sobreviver, precisa de (como é óbvio ) possuir a capacidade de renovação demográfica.
    .
    P.S.3.
    Existem autoridades de sociedades/regiões (que estão sem capacidade de renovação demográfica) em desleixo:
    - não monitorizam/motivam/apoiam uma riqueza que não podem deixar de aproveitar -> a existência de pessoas (homossexuais ou heterossexuais) com disponibilidade para criar/educar crianças.

    ResponderEliminar