terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Feriados a abolir

A guarda pretoriana do pensamento político português acha que o 1º de dezembro e o 5 de outubro são os únicos feriados possíveis de ser abolidos. Não têm coragem nem estofo para reconhecer que um dos feriados a ser abolido teria de ser o 25 de abril que nada representa para o povo senão a sua condição de escravo. Liberdade e democracia? onde?
A democracia abrilina é dogma inatacável, não pode de maneira nenhuma ser posta em causa, pois que a retórica é por princípio agente de desinformação; a democracia apenas serve um circuito fechado de pessoas, tudo o resto são augúrios de uma noite de verão...

O 1º de dezembro nunca poderia ser abolido. Representa a segunda descida aos infernos e a consequente 3º iniciação de Portugal que durou até ao final do século XIX. Na actualidade, a 4º iniciação, também ela se move para a descida aos infernos, e a consequente 5ª iniciação, com o regresso de D. Sebastião (não em sentido material) vindo da ilha encoberta, o culto do quinto império, o novo ceú e a nova terra, tão bem prosado por Pessoa, Por Padre António Vieira, Bandarra e outros.

Quanto ao 5 de outubro, e o 5 de outubro mais importante é o de 1143, era o início da primeira iniciação de Portugal, país recém-criado em circunstâncias nada favoráveis na altura, mas com a vontade da forte casa de borgonha (conde D. Henrique, S. Bernardo de Claraval) e com a também forte vontade do nosso primeiro rei, D. Afonso Henriques, o nosso país inicia a sua missão que duraria até à morte de D. Fernando I em 1383. Dá-se a descida aos infernos com o respectivo renascimento após Aljubarrota e a 2º iniciação, a expansão marítima, o "levar mundos ao mundo" como dizia Agostinho da Silva.

É claro que nada disto pesa nas consciências de quem decide e como o grosso das massas não se preocupa minimamente com isto, a marcha da destruição segue imparável. É por isso que esta nossa 4ª descida aos infernos será pesada e longa, e a respectiva retoma iniciática na sua quinta iniciação, sempre vindo ao de cima as melhores qualidades morais de cada povo, e seguir o curso da história com o regresso do desejado e o respectivo culto do quinto império.

Sem comentários:

Enviar um comentário