quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Boavista F. C. e o palhaço Rui Costa

É uma vergonha aquilo que se passa no mundo do futebol em Portugal. Não só no futebol como também no plano político e social. É por demais recorrente a desresponzabilização e a impunidade de que gozam as pessoas que estão à frente dos destinos do país. Passam a vida a fazer MERDA e nunca ninguém tem culpa, nunca há culpados. Isto tem de acabar.

Aquele Rui Costa (não o ex.futebolista) saído lá da manjedoura lisboeta veio com  a lição bem estudada.

O doutorzeco de MERDA, o palhaço mor, quis dar cabo dos clubes do norte. Desculpem a linguagem que se vai seguir, mas as coisas são mesmo assim; esse palhaçito, Rui Costa, fodeu o Boavista, o Gil Vicente, quis foder o Braga mas não teve hipótese e também quis foder o Porto, mas aqui também teve azar. 
A verdadeira justiça, era não só repôr o Boavista na primeira liga, de onde nunca deveria ter saído, mas também indemnizar o Boavista do próprio bolso deles. Deveria ser o palhaço do Rui Costa e restantes camelos que por lá gravitaram a pagar os 20 milhões de euros que o Boavista reclama. E no final deveriam ser presos por quererem acabar com uma instituição desportiva que é muito maior do que estes borrabotas de merda, saídos lá da incubadoura lisboeta com o grau de doutor do asneirismo e da incompetência, do facciosismo e da clubite podre.

Sem comentários:

Enviar um comentário