terça-feira, 21 de junho de 2011

Urântia e as densidades físicas

Urântia é o nome primitivo do nosso planeta terra, também conhecido por "Uras". Vivemos na dimensão Ki, no chamado baixo astral ou na 3ª densidade que pertence à tridimensionalidade, onde a humanidade experimenta a matéria, sendo o código de encarnação 0 666 (involução). Simboliza o dualismo da 3ª densidade, representando a nossa razão de ser neste planeta experimental. Os seres separados da fonte chamaram-lhe «o número da besta ou satã» porque é o símbolo da luz obscurecida na matéria, e como estamos encarnados, a maioria dos humanos não sabe que somos seres divinos. Depois da terceira densidade que tem sub-densidades como 3,1; 3,2; 3,3 etc. vem a 4ª densidade o nível Kur, que é uma densidade intermédia entre o baixo astral e o alto astral (Augal) onde se situam as dimensões de existência superior. Esta 4ª densidade corresponde já à consciência cósmica. A partir da 5ª densidade, vibra-se nas esferas superiores da existência, mesmo que se esteja num planeta de terceira densidade como a terra. Tornamo-nos seres ascencionados. Quando vivemos a nossa divindade invertemos o código de involução 666 pelo de ascensão 999. Passamos a realizar o velho axioma, assim como é em cima , assim é em baixo.. A dualidade deixa de existir e a nossa consciência passa a vibrar simultaneamente em diversas densidades superiores, logo que se atinja a consciência da tri-unidade da 6º densidade. A partir daí, passamos a ter acesso ao nível Angal, dimensão angélica de 7ª densidade. Só para se ter uma ideia, as densidades continuam, e logo que se chegue à 18ª densidade teremos acesso ao nosso código geométrico. Para além desta densidade evoluiremos como onda ou força.

Sem comentários:

Enviar um comentário