quarta-feira, 2 de março de 2011

Sionismo político- o mundo oculto da magia negra-II

«Os illuminattis e os sionistas políticos são quase todos os mesmo personagens. O sionismo não foi inventado para defender os judeus como se supõe, para eles, illuministas, não há pátrias, nem fronteiras, nem vínculos com nada nem ninguém que não faça parte dos seus círculos, sejam eles judeus ou não.
Depois do caos financeiro seguir-se-a uma usurpação de poderes militares pelas casas illuministas dispersas pelo mundo, que visará o estabelecimento de bases militares em diversas regiões enquanto os governos anunciam o estado de emergência e a lei marcial em face do estado de anarquia em que se encontrarão muitas regiões, justificando essa acção como necessária para controlar o estado de pânico da população.
Os dirigentes militares treinados no culto de algumas lojas maçónicas e as pessoas que lhes estão subordinadas não hesitarão em utilizar as armas e as técnicas de controlo de multidões para implementar a nova ordem mundial... bases militares serão instaladas nas principais localidades (já lá estão, apenas estão escondidas do público). Nos próximos anos elas começarão a emergir à superfície e serão reveladas. Haverá também bases regionais que estarão sob dependência de outras maiores. A hierarquia será muito parecida à sua actual hierarquia oculta.
Nos estados unidos por volta do ano 2000, 1% da população americana pertencia à rede Illuminatti, fossem operacionais de causa ou vítimas de controlo mental (considerados utilizáveis). Mesmo que 1% represente pouco, imaginem esse 1% em pessoal bem treinado militarmente, mentalmente, com conhecimentos de técnicas de controlo de multidões, de condicionamento psicológico e físico, fortemente armados e ligados a grupos paramilitares.

O conselho nacional dos illuminattis norte-americanos é constituído pelos banqueiros influentes que possuem o "dinheiro antigo" como : Os Rockefeller, a família Mellon, a família Carnegie, a família Rothschild, havendo outras mas sendo estas as principais. O conselho mundial (Supreme world coucil) já está instalado como um protótipo do que será logo que a nova ordem mundial esteja instalada. Encontram-se numa base secreta para discutirem economia, política, dificuldades inesperadas que vão surgindo. A família Rothschild em inglaterra e frança tem dos assentos dominantes. Um descendente da família habsburgo tem um assento de geração. Os Rockefeller dos eua têm também 1 assento. Outro descendente das famílias dirigentes de inglaterra e de frança tem também 1 assento de geração. Como todas esta famílias são riquíssimas e poderosíssimas, os illuminattis mantiveram-se intocáveis. A direcção dos illuminattis afirma descender de sangue real e também de uma antiga herança oculta que se estende no tempo. Os descendentes do ramo Hannover/Habsburgo dominam na alemanha sobre os Bruderheist. São considerados um dos ramos mais poderosos do ocultismo (negro entenda-se). A linhagem inglesa vem logo a seguir, representada pela família real, mas dissimulada pelos Rothschild ingleses que se asseguram do mundo oculto. Em frança, os descendentes reais também estão envolvidos no mundo oculto, mas os Rothchilds franceses dominam-os todos. Os ramos dos eua são considerados inferiores ao europeus... a alemanha., a frança e a inglaterra formam um triunvirato unilateral que domina o culto europeu»
Note-se que este mundo oculto refere-se ao mundo oculto da magia negra, por oposição à magia branca, e diferentes lojas maçónicas se encarregam de divulgar os cultos a alguns escolhidos.

continua

Sem comentários:

Enviar um comentário