terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

O socialismo e o caos-fakires e trapezistas

Na aldeia global socialista a deseducação é para cumprir, seja ela social, sexual, política, o que for, é tudo para acabar. O estado de merda socialista obriga-nos a mostrar as nossas contas bancárias e património, para um dia, o tal dia em que chegar a grande tribulação, eles saberem aquilo que podem roubar a cada um. Neste estado socialista em que a mentira é a maior das virtudes não vale a pena ter alguma coisa, nem dinheiro, nem bens, nem coisa nenhuma. Mais vale ser um pobre coitado a viver de rendimentos mínimos, caso contrário somos carregados de impostos e taxas que se estão a tornar insuportavelmente insustentáveis. No estado socialista da MAIOR MENTIRA DO MUNDO o progresso e o desenvolvimento servem para alguns se encherem de riqueza até ao pescoço enquanto uma grande parte cai inevitavelmente na miséria, deveria ser este estado social a que se referia aquele palerminha candidato à presidência da república. Nas mãos destes socialistas de loja maçónica a vida colectiva dos cidadãos é um punhado de foguetes que se atiram para o ar ficando todos de boca aberta com o espectáculo daí decorrrente.... Socialismo rima com morte, pois as palavras de ordem deste socialismo de merda são matar e morrer...
Outras duas palavras de ordem desta doutrina infernal são fazer dos outros burros e roubar até não poder mais...
O socialimo é uma enfermidade da qual muito dificilmente nos livraremos nos próximos anos. Só com uma inversão de 360º nas cabeçinhas da humanidade tal doença endémica poderá ser destruída. O socialismo representa o pior do pior do ser humano, representa concretamente, o individualismo, o materialismo puro e duro, o hedonismo e em certa medida o niilismo e mais recentemente o utilitarismo, tudo doutrinas muito nocivas ao saudável desenvolvimento do homem... e por causa destas doutrinas aí vemos a podridão que alastra por este mundo fora.... (continua)

Sem comentários:

Enviar um comentário