domingo, 6 de fevereiro de 2011

O socialismo e o caos-Bisontes de uma noite

A lei socialista, que é o mesmo que dizer, a anti-lei, protege exageradamente o criminoso e, como é fácil de deduzir, lamentavelmente, não protege a vítima. Direitos humanos para o criminoso, não estou contra, mas onde estão os direitos humanos da vítima? Mas onde é que eles estão???? Este é um mistério digno de Ouspensky, ou de Romanov ou até das bruxas de salém! A prova provada de que a lei em portugal é anti-lei é precisamente o facto de todo o edifício de justiça ter sido criado não para defender o bem comum e a ordem moral e social, mas sim para servir os conflituosos. E quem são os conflituosos? Quem haveriam de ser senão os que controlam os negócios chorudíssimos do estado? Ainda há gente íntegra na justiça, sejam advogados, juízes, procuradores, mas o edifício.... nem sequer se pode dizer.... (continua)

Sem comentários:

Enviar um comentário