segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Eles andam aí

Estes recentes casos de mortes misteriosas de aves sobretudo nos EUA e na Suécia são na realidade assuntos que estão longe de estar encerrados. Pelos vistos também peixes e diversos crustáceos têm sido vítimas localizadas de mortes em massa. E há um link muito interessante sobre o desaparecimento de 90% das espécies de abelhas num determinado estado americano.
Peço desculpa por não o por aqui directamente ... mas se forem à coluna da direita ao "Lepouvoir mondial" encontrá-lo-ão facilmente, esse e outros mais. E ficaremos pasmados com a quantidade de casos que se têm repetido em diversos pontos do mundo que a imprensa nem neles fala. Algo se está a passar, e não é nada de bom. O desaparecimento repentino de uma grande diversidade de abelhas faz-me acreditar que o reino da besta se aproxima a passos bem largos. A abelha para quem não sabe (antes de prosseguir, apenas relembrar que não interessa se se acredita ou não), é uma criação de origem extraterrestre, não é um insecto ou animal da linha terrestre. Foi aqui introduziddo já há evos, mas é um insecto de um plano extraterrestre. Basta ver que a organização biológica da abelha, e por extensão social, é matriarcal. É conhecido o facto de haver uma abelha raínha que tudo movimenta em seu redor. Ora tal funcionamento matriarcal é de origem extraterrestre. As linhas de vida terrestre sempre foram patriarcais.
Estão a mexer com a genética mundial, o extermínio dessas abelhas visava naturalmente aquilatar quais os malefícios daí advenientes. Assim como a morte de peixes e aves em massa, e esperemos para ver o que virá a seguir.
As lojas maçónicas, ou melhor, os seus círculos mais poderosos, como o Bohemians club, tresandam a magia negra, hordas de espíritos malignos calcorreiam o nosso planeta. Somos governados por uma linhagem reptiliana extraterrestre (veremos brevemente se estou louco), que se agarrou demasiadamente a este plano tendo cristalizado, e por consequência escravizado a raça humana durante eras consecutivas. Os 144000 do apocalipse, são um sinal claríssimo daquilo que é pretendido...

Sem comentários:

Enviar um comentário