segunda-feira, 15 de novembro de 2010

O pedinte vai de boomerang

KaKeTroLânDia.
Não tenho memória de tão sinistra personagem na vida política nacional.
É de ir às lágrimas. Não bastava castigar os portugueses, era preciso também fazer deles uma nulidade. Andar pelas terras do sol nascente a pedinchar aquilo que nos é diariamente roubado é corrosivamente estúpido e intolerável. Por estas pequenas coisas se vêm os erros de casting e a inoportunidade de existirem governantes deste calibre. Mas como hoje em dia são as piores pessoas que estão na política, com as devidas excepções, possuidoras de segredos vergonhosos ou com um passado sujo, financiadas e publicitadas pela grande finança, para serem dominados pelo pavor do escândalo. Ora vá lá Senhor Fulano, vá de boomerang e volte de riquechó voador!

Sem comentários:

Enviar um comentário