quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Conversas da noite- a estadia

Diariamente, somos confrontados com uma série de crimes, sejam eles roubos,violência gratuita, violações, homicídios. No pragal, na guarda e noutros sítios mais sucedem-se actos de vandalismo, fruto de leis que legislam em favor dos criminosos. As leis são um incentivo ao crime, seja ele de que natureza for. Mas os maiores criminosos são aqueles que fizeram as leis e legislaram em favor da ralé que por aí circula.
Umas chicotadas bem dadas naqueles meninos da guarda e nos violadores do pragal, iriam dissuadí-los de fazer o mesmo enquanto se lembrassem do quanto lhes doeu.
Os trabalhadores em portugal são tratados pior do que lixo. Um chefe de família está desautorizado pelas leis de merda que querem impôr. As crianças e jovens estão condendos às calendas do esquecimento. Os idosos de tão ricos que estão com as suas reformas, vão pagar mais IRS, para os senhores deputados e restantes patetócratas forrarem bem os bolsos.
O tão badalado OE é mais um roubo a todos os portugueses, um roubo VERGONHOSO, digno dos seus responsáveis serem encarcerados durante anos e anos...as novas portagens das scuts deveriam ser partidas e queimadas, em vez de andarem a fazer protestos e buzinões que de nada servem...
Apoios às PMES? Que mentira monstruosa! Eles só dão dinheiro a quem já o tem, o mesmo que é dizer, aos grandes mesmo grandes empresários que chupam tudo como é costume...
Apoios e incentivos às energias renováveis? Outra mentira monstruosa!! Poderia dar vários exemplos, mas fico por este, os custos dos equipamentos e suas montagens demoram 10 anos a ser amortizados, eu disse 10 anos!!! O que evidentemente, não pode ser...pode porque estamos em portugal...
Apoios sociais?? Para quem??? Para um bando de malfeitores e de alógenos, e também para uns certos grupoídes que gostam de fazerem-se de vítimas...para os portugueses nem pensar.
Justiça e saúde para todos, transformada em injustiça e enfermidade geral, tomai as vacinas da gripe A, metei-as no olho do cú, seus cabrões de merda...ou bem que há uns cobres para se gastar no privado ou então morre-se... em relação à justiça é melhor nem dizer nada, pois, é uma vergonha que nos faz corar dos pés à última raíz do cabelo.
De gargalhada em gargalhada, lá segue imparável a procissão em direcção ao abismo. Os traidores, os corruptos, os ladrões e os bobos da corte deveriam ser fuzilados em praça pública, e os principais responsáveis da situação calamitosa do país deveriam ser queimados vivos e suas carcaças entregues aos abutres do deserto... venha o 26 de abril, e depressa,mas desta vez sem cravos, porque o abanar de cravos deu no que deu...

1 comentário:

  1. Um país (des)governado por ladrões e onde o povo anda completamente adormecido, é o que temos. Uma tristeza. E nada parece querer mudar, pelo menos a curto prazo.

    ResponderEliminar