quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Sevilha 3-4 Braga

Tem que se dar o mérito a quem o tem. O que a equipa do Braga fez ontem em Sevilha é algo que muito raramente se vê num clube português nas competições europeias. Senão vejamos, o Braga faz o 0-1, no início da segunda parte, Domingos mete Lima e tira Aguiar, e 2º golo, e depois o 3º e 4º. Domingos tem revelado ser um treinador muito inteligente, que lê muito rapidamente o jogo e que percebe perfeitamente bem o que tem a fazer e não hesita um momento em fazê-lo. Pelo menos tem sido assim aqui no Braga, se o será noutro clube, isso é outra história. O que Domingos está a fazer no Braga é um quase milagre. Um clube desconhecido e de segunda linha no seu campeonato nacional, com jogadores quase desconhecidos, que ganham cêntimos em relação à média dos clubes europeus. Este Braga vale pelo colectivo, estão todos unidos em volta do mesmo, mas ontem foi uma coisa que não via há muito tempo num clube português, futebol rápido com boas desmarcações, quando Paulo César, Alan ou Mateus e até Sílvio pegavam na bola à saída da sua grande área e iam com ela por ali fora e a endossavam a um colega desmarcado, eu pensei cá para mim, mas eu estou noutro planeta, noutra dimensão, isto não pode ser o Braga do campeonato português! Mas era e foi, só que completamente transformado na atitude por um senhor que tem demonstrado saber muito da bola e acima de tudo, saber muito bem com que linhas pode coser. Agora é para ser campeão europeu!!

Sem comentários:

Enviar um comentário