segunda-feira, 8 de março de 2010

O amor divino-agente cósmico

A gravidade propaga-se de uma forma ainda desconhecida para a ciência mas que no entanto não deixa de nos ser familiar, daí a questão da levitação. Não é mental, pois a mente é ainda mais fundamental e tem características holográficas, podendo actuar sobre o campo gravitacional modificando-o. O éter tão conhecido desde as descobertas de Newton é o campo dos fenómenos electromagnéticos.
O amor divino é uma força presente em tudo e está muito para além daquilo que podemos estudar e compreender, embora possamos sentí-lo. É como uma luz subtil que a tudo ilumina. Ainda estamos longe de poder equacioná-lo cientificamente. Para além do amor, da mente, do electromagnetismo e da gravidade ainda temos mais três campos de forças: a força fraca, a força forte e a recém-baptizada fluído cósmico universal FCU com a sua força vital associada. São sete campos no total,quatro deles estão presentes no dia a dia da ciência: electromagnetismo,força forte e fraca e gravidade. Os outros três estão presentes no dia a dia do espírito: mente,amor divino e FCU. Assim como a matéria é uma condensação dos campos electromagnéticos e gravitacional, também a anti-matéria é uma condensação do anti-éter e do campo anti-gravitacional e a alma é uma condensação do amor.

Sem comentários:

Enviar um comentário