quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Liberdades e direitos Vs. Democracia e civilização-IV

Perdeu-se a noção do ridículo em portugal.E principalmente por parte daqueles que mais deveriam ter em conta essa mesma noção do ridículo.Quando se abre um telejornal com a notícia do wrestling de alvalade e da posterior demissão de Sá Pinto e do possível castigo a Liedson,está tudo dito.Ah,e não esqueçamos outra notícia sensacional, já estão no youtube as conversas de Pinto da Costa e Valentim no caso apito dourado. Que coisa fantástica!!!!
As manobras de diversão são quase tão antigas como a história humana. Acompanham a humanidade há muito e longo tempo sempre adaptando-se às novas realidades e épocas. Tudo isto porque a verdade não será como o azeite,não virá ao de cima,não pode vir de forma alguma. É no meio deste "turvelinho de intenções" em que o cidadão comum está mergulhado. No nosso íntimo e no íntimo individual de cada pessoa pensamos e sentimos que algo não está bem,existe alguma coisa que está deslocada em relação ao que nos dizem há muito tempo.
Mas o que será esse algo? E o que será essa coisa? Toda a gente reclama da corrupção,das vigarices,das injustiças,da ineficácia de ums série de serviços,da agenda globalizante,mas tudo continua na mesma,pouco muda. O que quer dizer que não existem problemas nenhuns,pelo menos assim são tratados,como se não existissem...
É esta constante recusa em assumir os factos que não fazem a humanidade evoluir,preferimos fazer como a avestruz,cabeça na areia... e continuarmos fieís ao modernimo e progressismo,outro dos slogans da nova ordem mundial.

Sem comentários:

Enviar um comentário