terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Liberdades e direitos Vs. Democracia e civilização

A tão badalada expressão "em pleno Séc.XXI" , é hoje uma das muletas oficiais do culminar de vigarices contra o povo historicamente ignorante.O nosso modernismo,ou se quisermos ser mais rigorosos, a nossa visão histórica do modernismo foi direccionada desde muito cedo para a satisfação básica dos prazeres materiais da humanidade.Criou-se uma ideia de conforto material acessível a todos,mas que no fundo não passa de uma tecnologia de massas.A tecnologia controla tudo,sendo essa mesma tecnologia usufruto de monopólios escandalosos, sobretudo em Portugal,como não poderia deixar de ser. E na incessante senda de instalar definitivamente um dos slogans da nova ordem mundial,liberdades e igualdades para todos,descobre-se aqui uma contínua fonte geradora de paradoxos,do qual, o mais visível,a democracia dita representativa. Ainda não percebi se essa representatividade se refere a si própria enquanto orgão da nação ou aos que lhe dão forma e sentido que somos todos nós...e também não se percebe muito bem o que representa a democracia representativa...Mas perante o descalabro, o cidadão comum sente bem a representatividade desta democracia...... o cidadão comum é maltratado e roubado todos os dias no anti-país.
Mas o cidadão comum anda entretido com a tecnologia de massas e tudo desaparece como o fumo,vai subindo na estratosfera até ser absorvido por outras correntes.

Sem comentários:

Enviar um comentário