terça-feira, 3 de novembro de 2009

A retoma económica-a grande mentira

Houvesse em Portugal quem tivesse a coragem de denunciar o estado calamitoso em que se movem as finanças públicas e a crise acabaria num abrir e fechar de olhos.
Portugal é um dos países em que,os comedores inúteis,classificação esta usada em certas cúpulas de poder,mais impostos directos se pagam sobre os produtos em geral proporcionalmente aos ordenados que se auferem.Paga-se 20% de IVA directamente ao estado,exceptuando na alimentação(12%) e mesmo assim só em alguns produtos e na agricultura(5%).É muito dinheiro que se torna sumido,a maior parte,nos sumidouros das cúpulas de poder.Mas há mais,60% de impostos sobre os combustíveis,mais 20% de IRS sobre os profissionais liberais e mais alguns por cento em retenção na fonte dos trabalhadores em geral.Sem falar nas diversas taxas que por aí se vai pagando.Depois teremos que juntar ao bolo os impostos indirectos,IRC,IRS,IMI,PEC,etc.Dinheiro mais do que suficiente para vivermos com estabilidade.E para que serve este dinheiro todo? Tem servido e continua a servir para alimentar obras megalómanas,serve para encher as cúpulas de altíssimos salários e regalias infindáveis e reformas vitalícias escandalosas.Não consigo compreender e ninguém conseguirá de certo,porque é que tem de haver pessoas a ganhar 10000,15000,20000,30000 e mais euros por mês,quando a maioria ganha trocos que não permitem que exista um consumo sustentável,que é o que faz funcionar uma economia.E então como justificar os altos vencimentos da parte das cúpulas do poder?
Eles esfalfam-se para encontrar soluções,aparentemente,porque em verdade são eles os verdadeiros responsáveis desta crise económica. E o mais grave de tudo foi que andaram durante anos a iludir o povinho(inculto) para ter a casa dos seus sonhos,o carro dos seus sonhos,ir ali e acolá de férias(mesmo sem dinheiro para isso),mais plasmas e LCDs,tudo isto para enriquecerem as cúpulas de poder sedentas de mais e mais,de uma forma altamente humilhante mesmo debaixo das nossas barbas.Passados os anos loucos em que a banca emprestava dinheiro à pá,triplicando os lucros de ano para ano,veio o reverso da medalha.
E este reverso da medalha é que provocou a crise.As deslocalizações,o desemprego,o endividamento familiar e a crise pois claro.Crise só para quem trabalha e paga impostos,porque quem nada faz e vive de subsídios é que está bem.Esta é a única crise que existe,pagar e não bufar,paga-se a bom pagar em Portugal para alimentar os bolsos de uns quantos a quem estas coisas são completamente desconhecidas.
Nada mudará por acção de políticos ou de políticas,a retoma económica é mais um conto de embalar para as mentes lipofrénicas do povinho não conseguirem verem o que se passa.A retoma económica serve para enfiar mais uns milhões na mão dos crápulas que desgovernam e destroem o País há mais de 30 anos.

Sem comentários:

Enviar um comentário