segunda-feira, 28 de setembro de 2009

O enigma PSD e a direita

Parece-me que há aqui um enigma que pode em parte ajudar a perceber a vitória do PS e do seu mais que sinistro primeiro ministro.É de que do outro lado da barricada havia uma não menos sinistra personagem,a líder do PSD.Começemos pelos resultados concretos do PSD.Comparando 2005 e 2009,que diferenças notamos?Quase nenhumas,o PSD praticamente não se mexeu,ficando-se por uma inércia confrangedora.Que estranhos desígnios estariam por detrás dos bastidores?Quem encomendou isto,e com que motivos?Faço estas perguntas porque tudo isto me cheira a esturro! Não consigo perceber a inércia de um partido que se diz de direita e se comporta como se não existisse.
Tudo isto é muito estranho e suspeito,porque em verdade o PSD com outro líder ganharia estas eleições com uma perna às costas,e aquilo que vimos só teve um objectivo,que foi,dinamitar o partido e dinamitar em parte o que resta da direita que a elite esquerdista permite que exista.
É muito grave pactuar com coisas destas e uma grande parte das pessoas não se aperceberá disto.São estes artifícios que têm que começar a ser desmontados,sob pena de caminharmos para a mais abjecta escravatura de que haverá memória.

Sem comentários:

Enviar um comentário