sábado, 29 de agosto de 2009

Literacia e educação em Portugal

É sempre de louvar quando pessoas responsáveis resolvem atrair a si os desempenhos e os méritos da literacia e da educação em Portugal.Mas,como sempre,os factos falam por si.
O projecto educativo em Portugal é "sui generis",altamente mafioso e obscuro.São estropiantes os valores pagos pelos livros escolares no nosso País.No primeiro e segundo ciclo,a coisa não tem muito perigo,40 até 100 e poucos euros.A partir dos terceiro e quartos ciclos a coisa agrava-se,começando a aqueçer bastante.270 euros,400 e tal podendo chegar aos 1000 euros!
O que é isto?E sem esqueçer os respectivos aumentos anuais.
Será que mereçemos isto?Porque é que uma boa parte paga a peso de ouro o que deveria ser de borla para todos,segundo a constituição,para outros terem tudo de borla?
Os livros escolares são caros?Claro que sim,e não são só os escolares,mas o principal problema
é outro,de muito mais difícil compreensão.Ao enriquecerem determinados projectos e sectores,minam em definitivo qualquer projecto de literacia e educação em Portugal.
Onde haja "monopólios e imunidades"só pode dar no que está a dar.Estamos a pagar para os nossos filhos se arriscarem a não ter e,aos poucos,vai-se desmantelando a escola pública em prol de privadas que por aí vão pululando.O ensino é deturpado dos seus reais valores para lhe amputarem a beleza,a estética e o sentido prático das coisas,passando oficialmente a ensinar-se balelas e inverdades para fortalecer o materialismo bárbaro.
Sem esqueçer que escola moderna que se preze tem de ter aulas de educação sexual!A panaceia dos tempos modernos,a gratificação dos sentidos,tem de ser incutida na mais tenra idade possível(entre os 12-15 anos),para o povinho não pensar muito,pois claro...,há outras estratégias,esta é apenas uma delas mas muito importante e decisiva.
Desmonto já as falácias dos defensores das aulas de educação sexual,e é muito simples,não vale a pena argumentar com as gravideses indesejadas,as doenças sexualmente transmissíveis,etc.Tudo isso tem de começar em casa,e se realmente existisse essa preocupação,haveria outros meios bem mais eficazes de informar as populações.Estas aulas de educação sexual não servirão para nada.Servirão apenas para a galhofa e para fazer crer aos adolescentes que é só "vira pra frente...".Por aqui,os plutocratas podem estar descansados,o plano cumprir-se-á...
E mais uma vez a literacia em Portugal será para uma minoria que aprecia o sentido estético das coisas e das causas,pessoas fascinadas pelo saber e que gostem de investigar.Pessoas que estão mentalmente e psicologicamente para além dos limites impostos à humanidade.

1 comentário:

  1. A troca da moral pelo prazer não pode dar bom resultado.

    Bom texto.

    Cumprimentos,

    ResponderEliminar