sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Eu não vivo para viver,nem tenho nenhum segredo.Apenas me limito a descrever,a desordem e o sossego.

Sem comentários:

Enviar um comentário